sabato 30 giugno 2012

Voltaire andante, un poco mosso

Non sono d'accordo con ciò che dici, ma preferirei piuttosto vedermi impiccato che sentirtelo ridire un'altra volta. (io - Antiaforisma n. 1)

venerdì 29 giugno 2012

diariospycam / Mario Balotelli

Stasera siamo vinti con la Germania. E siamo guadagnati un sacco di soldi. I soldi, credo, sono una cosa molto importantissimi. Per questa ragione io gioco. Se giocherei meglio vincessi di più. Ho scritto una email alla mia fidanzata. E diceva: vorrei che tu sei qui.


venerdì 22 giugno 2012

A Terra está inquieta

Discorso di Pepe Mujica (Presidente dell' Uruguay) al Meeting  di Rio+20



"Toda esta tarde falou-se de 'desenvolvimento sustentável' e de tirar grandes massas da pobreza. Mas, o que passa por nossas cabeças nesses discursos? Eu te digo: o modelo de desenvolvimento e consumo das sociedades ricas! Mas, podem 7 ou 8 bilhões de pessoas no planeta terem o mesmo grau de consumo e desperdício que têm as mais opulentas sociedades ocidentais? A economia de mercado criou uma sociedade de mercado, escrava da competição. Estamos governando a globalização ou é a globalização que nos governa? É possível falar de solidariedade e que estamos todos juntos em uma economia que está baseada na competição impiedosa? Até onde chega nossa fraternidade? Nada disso que digo é para negar a importância desse evento. Ao contrário, o desafio que temos adiante é de uma magnitude de caráter colossal. Mas, a grande crise não é ecológica, é política! O homem não governa mais as forças que criou, hoje são as forças que governam o homem.

Ninguém vem ao planeta para ser explorado, e sim tentando ser feliz. Nem um bem vale como a vida, isso é elementar! A vida não pode nos escapar trabalhando e trabalhando para consumir mais. Se a sociedade de consumo é o motor, então, deter o consumismo é deter o fantasma da economia. Esse hiper-consumo é o que está destruindo planeta. Que faz com que as coisas tenham que durar pouco para vender muito. Não se pode mais fabricar coisas duráveis por causa do mercado, e por ele temos que trabalhar, ser uma civilização de consumo, e estamos num círculo vicioso... Esses são problemas de caráter político! Que nos exigem começar a lutar por outra cultura. Não estamos propondo uma volta do homem às cavernas ou um monumento ao atraso, mas sim que não sejamos governados pelo mercado. Temos é que governar o mercado! Antigos pensadores já diziam: 'pobre não é quem tem pouco mas sim quem necessita infinitamente muito'. Essa é uma chave de caráter cultural! Nesse eterno pague-conta-pague-conta, quando a pessoa quer acordar é um velho reumático e lhe roubaram a vida. Esse é o destino da vida humana? Essas são coisas muito elementares. O desenvolvimento não pode ser contra a felicidade, tem que ser a favor da felicidade humana, do amor pela Terra, das relações humanas de cuidar dos filhos, de ter amigos! Esse é o tesouro mais importante que temos. Quando lutamos pelo 'meio ambiente', o primeiro elemento do ambiente se chama felicidade humana, obrigado".

domenica 17 giugno 2012

Memento


 Reminder, Latin, 1590. 
 Remember" imperative of meminisse to remember, recollect, think of, bear in mind, a reduplicated form, related to men's "mind". Meaning reminder, object serving as a warning (1580); sense of keepsake (first recorded 1768).


  (Dizionario etimologico)

sabato 16 giugno 2012

Di destra di sinistra o Mancino?

  I politici italiani non hanno scheletri negli armadi. Hanno gli armadi a forma di scheletro, questo sì.

domenica 10 giugno 2012

diariospycam / Sergio de Gregorio

 Il voto segreto è una forma di omertà istituzionale. Farla franca è facile. Basta un franco tiratore.


(Liberamente tratto e ispirato - nonché interamente inventato - dal diario personale del senatore Sergio de Gregorio)